sexta-feira, 4 de julho de 2014

CRÓNICA: Benavente: Largada de Toiros: (29/06/2014)

Domingo, 15:00 horas, do dia 29 de Junho
A pergunta que se impunha naquela tarde de sol era: "Como vai terminar a Festa da Amizade deste ano?". Bem, a resposta é simples e curta: "Caldeira, nº50".
Estava tudo à espera da última atividade taurina da 46ª Festa da Amizade, em Benavente, e, por volta das 15h e pouco, deu-se início ao tradicional encierro com vacas no recinto da picaria. Mais uma entrada de vacas com emoção e com um ou dois apertos e toques...
Vacas recolhidas, altura para os toiros trazidos pela Casa Agrícola "Santo Toiro" justificarem a enchente que havia no recinto. Sai então o "Matador", toiro com ferro "Francisco Caldeira" e com o nº50 no costado. Desde o início se percebeu que estavamos perante um caso sério de bravura! Foi um toiro extraordinário que nunca parou de bater em tudo o que lhe aparecesse à frente. Pode-se dizer que este toiraço é o modelo de toiro que é apropriado para sair às ruas.
Recolhido este Caldeira... Era agora a vez do "127" com ferro "Gregório Oliveira" mostrar o que valia. De forma resumida, não valeu muito... Saiu bem, mas o "gás" acabou-se cedo, defendeu-se bastante e quando arranjava um sítio onde se sentia comodo era muito difícil tirá-lo de lá.
De seguida, saiu mais um novilho e uma vaca para os mais afoitos.

Texto por: Nuno Amaro



Sem comentários:

Enviar um comentário